Glória Fácil...

...para Ana Sá Lopes (asl), Nuno Simas (ns) e João Pedro Henriques (JPH). Sobre tudo.[Correio para gfacil@gmail.com]

terça-feira, setembro 28

Sinto-me enganado... e a culpa foi do algoritmo!

Afinal a ministra da Educação enganou-nos a todos: a lista de colocação dos professores nas escolas não foi feita «à mão», como prometeu, mas sim por computadores... Uma modernice!... E é um insuspeito dirigente sindical da Federação Nacional dos Professores (FNE), Augusto Pascoal, que explicou a «coisa» à Lusa.

Disse ele que as listas foram processadas por via informática e não manualmente: «Não seguiram a via manual mas sim a informática com um operador informático que conseguiu um algoritmo que resolveu o problema.»

Desculpem lá, um algoritmo?...

Ora bolas, então o culpado não era o ex-ministro David Justino, do PSD? O mesmo que dava a entender, este fim-de-semana, em duas-entrevistas-duas, que não tinha nada a ver com o «falhanço» [Santana Lopes dixit] da colocação dos professores e com aquelas trapalhadas todas do programa informático? [Quase apetecia perguntar se David Justino confirmava ou não que tinha sido ministro da Educação.

A culpa não era, como se poderia aferir pelas palavras do ex-ministro, do secretário de Estado, Abílio Morgado, do CDS/PP?

A culpa não era daquela senhora Joana Orvalho, directora-geral, que foi despedida via Expresso?

Mas se a culpa foi do algoritmo, estão TODOS absolvidos. PARABÉNS!

|| Nuno Simas, 19:30

0 Comments:

Add a comment