Glória Fácil...

...para Ana Sá Lopes (asl), Nuno Simas (ns) e João Pedro Henriques (JPH). Sobre tudo.[Correio para gfacil@gmail.com]

sábado, junho 25

lisboa é... II

ir à marcha gay foi uma experiência esclarecedora em muitos sentidos. primeiro, porque estavam lá no máximo 500 pessoas. depois porque havia para aí três travestis e dois mascarados e todas as câmaras estavam em cima deles (até apanhei dois fotógrafos a fotografar um cão cuja particularidade era ser um cão e estar ali com a dona).

e depois porque não havia ali uma única figura política de vulto. aliás, tirando uns rapazes e raparigas da js, não vi lá ninguém dos partidos.

nem do be -- a não ser que conte o miguel vale de almeida.

não sei se lá estavam, mas que não os vi, não os vi. e se não os vi, o mais certo é que não estivessem.

só tenho uma dúvida: não estavam lá porque consideram que esta luta é demasiado irrelevante, ou porque a consideram demasiado perigosa?

é possível que nem eles saibam bem.

f.
|| asl, 20:15

0 Comments:

Add a comment