Glória Fácil...

...para Ana Sá Lopes (asl), Nuno Simas (ns) e João Pedro Henriques (JPH). Sobre tudo.[Correio para gfacil@gmail.com]

segunda-feira, fevereiro 20

O duplo "erro" do 24 Horas

A explicação para a ausência de grandes manifestações públicas de solidariedade com o 24 Horas não tem somente a ver com o facto de, como aqui dizia (e bem) Eduardo Pitta, sermos "todos muito finos para nos preocuparmos com jornalismo marron". O problema é esse - e outro.

O facto é que, perante o processo Casa Pia, o 24 Horas também esteve sempre do lado "errado" (e aqui as aspas têm valor de ironia). Em vez de fazer o jogo populista e justicialista das catalinas pestanas e dos pedros namoras deste mundo, o jornal escolheu apostar no escrutínio não dos arguidos mas sim da investigação - ao contrário do que aconteceu, por exemplo, com o Correio da Manhã ou com a TVI.

Ora isso valeu ao jornal várias acusações trogloditas, como a de pertencerem ao "lobbie pedófilo da comunicação social". Acusações provenientes, na maior parte dos casos, de quem nunca fez mais nada na vida do que ser trombone do Ministério Público e da Polícia Judiciária, duas entidades que, na ausência de resultados concretos, disfarçam a sua incompetência providenciando sucessivas fugas de informação sobre "crimes" e respectivos "suspeitos", por norma "poderosos", que, depois, nunca vemos condenados em tribunal.

Convenhamos: é complicado - e arriscado - para um tablóide alinhar no escrutínio da investigação judicial em vez de fazer o jogo popularucho das "crianças" e da condenação dos "poderosos", mil vezes mais rentável, em termos de audiência. E não só mil vezes mais rentável como também mil vezes mais fácil, porque, como é óbvio, dá mil vezes menos chatices ter ao nosso dispôr o aparelho de Estado policial e os respectivos meios.

Foi este o duplo "erro" do 24 Horas: ser tablóide; e não estar do lado da polícia.

Escolheu o caminho difícil. Só espero é que seja sempre assim - no processo Casa Pia como noutros processos. E tanto no 24 Horas como nos outros orgãos de comunicação social todos. Mas isto, estou consciente, é claramente pedir o céu. As coisas são como são.
|| JPH, 14:01

2 Comments:

michael kors handbags
cheap ugg boots
toms outlet store
cheap mlb jerseys
pandora charms
adidas yeezy boost
michael kors canada
coach factory outlet
tory burch outlet store
sac longchamp pas cher
20170222caiyan
Blogger Meiqing Xu, at 1:59 AM  
kobe shoes
roshe shoes
light up shoes
yeezy boost 350
converse outlet store
air force 1
nike air force
golden goose
longchamp bags
air yeezy
Blogger jeje, at 9:41 AM  

Add a comment