Glória Fácil...

...para Ana Sá Lopes (asl), Nuno Simas (ns) e João Pedro Henriques (JPH). Sobre tudo.[Correio para gfacil@gmail.com]

sexta-feira, junho 23

Prontos, um post

A culpa foi do Martim. Aqui há três semanas ofereceu-me este livro. Tenho-o devorado devagarinho, como aquelas pessoas que comem mousse de chocolate com uma colher de café. Devo aqui recomendá-lo - e faço-o, por mais estranho que vos pareça, apesar de não ser amigo do autor, o jornalista norte-americano Tom Reiss. O Orientalista é a biografia de um personagem absolutamente extraordinário: o judeu natural de Baku (Azerbeijão) Lev Nussimbaum, que se tornou um escritor muito afamado na Alemanha nazi disfarçando-se de príncipe muçulmano e assinando com pseudónimos (Essad Bey e Kurban Said). Mais do que uma biografia deste incrível personagem, O Orientalista é o retrato de uma Europa num tempo conturbadissímo (da I à II Grande Guerra). A não perder, por exemplo, a descrições da Alemanha no pós-I Guerra, ou seja, da Alemanha que , colaborando militarmente com a nova Rússia bolchevique, forjou os nazis e os horrores que se lhe seguiram. Comprem. Ou então peçam ao Martim que vos ofereça. Ele é um mãos largas (mails para mautemponocanil@hotmail.com).
|| JPH, 18:24

0 Comments:

Add a comment