Glória Fácil...

...para Ana Sá Lopes (asl), Nuno Simas (ns) e João Pedro Henriques (JPH). Sobre tudo.[Correio para gfacil@gmail.com]

sexta-feira, maio 4

outra vez o tabaco

agora é o francisco. grandes confusões, francisco, i'm afraid. baralhar a necessidade de proteger os não fumadores da selvajaria dos fumadores (em geral, francisco, claro, não tenho dúvidas de que és sempre um cavalheiro, tu e os teus charutos, cigarrilhas, etc) com preconceitos de classe ou de raça é apenas mais uma forma de convocar para esta discussão a estafada ideia de fascismo higienista.

quanto à forma como tão amavelmente referes os meus argumentos, francisco: lamento ter de ser eu a informar-te de que o fumo do tabaco incomoda toda a gente menos os que fumam, e mesmo esses muitas vezes se sentem incomodados. a título de exemplo, fiz uma vez a viagem lisboa/porto de comboio na carruagem de fumadores porque ia com duas amigas fumadoras e foi uma delas, fumadora, que comprou os bilhetes. não vou maçar-te com a descrição da minha indisposição, mas quando chegámos ao porto as duas, que fumam como chaminés, confessaram que nunca mais viajariam numa carruagem de fumadores: estavam mal dispostas que nem pescadas com o excesso de fumo de cigarro. ah, a ironia.

por outro lado, agradeço-te, como a tantos outros bloggers que se preocupam comigo, a menção à falta de educação dos meus amigos. é que são eles, esses meus amigos que acham que puxar de um cigarro é tão natural e legítimo que nem lhes ocorre perguntarem se podem, os únicos fumadores selvagens do mundo. e tenho tantos, tantos amigos, e tão espalhados por países e continentes, que acabaram por dar má fama aos milhões de fumadores bem comportados que agora se vêem assaltados, em toda a parte, por leis iníquas, atentatórias da liberdade e do bom viver. por eles, por esses meus amigos, e por mim, que os não soube educar, só posso pedir desculpa e prometer penitência.

e liberdade é uma etiqueta linda, francisco. não hesites em usá-la a propósito de tudo e mais um par de botas.
|| f., 12:32

0 Comments:

Add a comment