Glória Fácil...

...para Ana Sá Lopes (asl), Nuno Simas (ns) e João Pedro Henriques (JPH). Sobre tudo.[Correio para gfacil@gmail.com]

segunda-feira, julho 7

E enquanto isso...

... o PCP dá uma ajuda, afinados pelo mesmo diapasão da análise custo-benefício das grandes obras, como as barragens. Do Público de hoje:

PCP pergunta quantos empregos geram as barragens

O PCP quer saber com rigor as contas que o Governo faz sobre os postos de trabalho que resultarão da construção de dez novas barragens até 2015 e se os projectos cumprem as regras impostas pela União Europeia sobre impacto ambiental. As questões foram directamente colocadas ao ministro do Ambiente, Nunes Correia, através de uma pergunta entregue na Assembleia da República e subscrita pelos deputados Honório Novo e Miguel Silva. Lembrando que o Plano Nacional de Barragens (PNB) comporta um investimento de dois mil milhões de euros, os deputados comunistas consideram que importa avaliar "os impactos permanentes na criação de emprego" e não apenas os postos de trabalho que forçosamente serão criados durante a sua construção. Assim, solicitam "o fornecimento desagregado das estimativas geradas por cada um dos aproveitamentos [hidroeléctricos], após a respectiva entrada em funcionamento".
(sem link)
|| Nuno Simas, 12:38

1 Comments:

Isto é politiquice do mais baixo nível. e para enganar tolinhos:
As barragen spodem até não criar um único posto de trabalho quando em funcionamento( por absurdo, claro) que o seu produto, a energia produzida será consumida em vez da importada, ou será exportada na rede europeia!
Estes são investimentos PRIVADOS e muito me espanta ver o PC apoquentado não vá algum capitalista ficar em dificuldades...
Tenham lá paciência!
Desonestidade devia pagar imposto!
MFerrer
Blogger MFerrer, at 5:34 PM  

Add a comment